Crédito para empresas e famílias capixabas cresce em janeiro

Em janeiro de 2019, o estoque total de empréstimos e financiamentos para o Espírito Santo apresentou uma expansão de 5,3% comparado ao mesmo mês de 2018 e uma leve contração de -0,3% em relação a dezembro. Observa-se que desde junho de 2018 o mercado de crédito para empresas e famílias segue uma tendência crescente.

Quando analisado por tipo de tomador, o crédito empresarial capixaba (pessoas jurídicas) teve um aumento de 4,8% em 12 meses, e uma leve queda de -1,4 % em relação ao mês imediatamente anterior. Já o crédito para as famílias (pessoas físicas) teve altas de 5,6% e de 0,5% nas mesmas bases de comparação.

Para o Brasil, o saldo da carteira de crédito nacional em janeiro de 2019 cresceu 5,0% na comparação com janeiro de 2018 e registrou uma leve queda de -0,9% em relação a dezembro de 2018.

Nas operações de crédito por tipo de tomador, o saldo dos estoques de crédito para pessoas jurídicas vem mantendo a tendência decrescente verificada desde dezembro de 2015, entretanto, o crédito para as famílias mantém uma reação oposta. Por tipo de segmento, o crédito direcionado teve um declínio de -0,8% em relação a dezembro e uma redução de -1,0% em um ano. A expansão da carteira de crédito brasileira vem sendo puxada pelo crédito livre desde agosto de 2017.


No que se refere a taxa média de juros nacional, esta registrou em janeiro de 2019 um declive -1,5 p.p. em 12 meses, no entanto, contabilizou uma alta da mesma magnitude em relação dezembro de 2018 e fechou janeiro em 24,7%. As médias das taxas de juros do crédito para as pessoas jurídicas e físicas também tiveram queda em relação a janeiro de 2018. Na comparação com dezembro, houve um aumento em todas as taxas de juros.

A taxa de inadimplência nacional aumentou neste período analisado, superando em 0,2 p.p a taxa registrada em dezembro. No Espírito Santo, o movimento foi similar, com o crescimento da taxa de inadimplência em 3,3%.

Clique aqui para conferir o conteúdo.