Relatório de Gestão 2019: Depoimentos e entrevistas

06 de Abr

Entrevista com Mauricio Duque
Diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes)

 

Qual a importância de se produzir análises e estudos voltados para a economia capixaba?

Estudos e diagnósticos são fundamentais para entender o funcionamento das atividades econômicas locais e da organização geográfica e social dos capixabas, o que permite, enquanto parte do Governo do Estado, embasar decisões que impactam indivíduos, famílias e empresas. Em suma, estudos e análises oferecem instrumentos necessários para avaliar a eficiência e a eficácia das atividades das empresas e dos setores econômicos que atuam no Estado, que geram trabalho e renda, bem como ajudam a orientar a política de desenvolvimento que foca na distribuição da riqueza e no combate à pobreza como estratégia. Esses desafios estão relacionados e demandam um conjunto amplo de medidas para consolidar avanços, o que aumenta a resistência da economia a choques, e abre caminhos para um crescimento sustentável, assim como para um aumento mais rápido do padrão de vida da população.

E como você enxerga o papel do Ideies enquanto desenvolvedor desses estudos?

A Findes, por meio do Ideies, possui papel fundamental de unir esforços de maneira estratégica na elaboração e na operacionalização de programas setoriais e regionais integrados, voltados para a ampliação e o desenvolvimento das principais aglomerações industriais, arranjos, clusters ou cadeias produtivas, existentes no Estado. Além disso, o associativismo permite a estruturação ou a expansão de redes de fornecedores articuladas com os grandes complexos industriais instalados ou em implantação no território estadual que trocam informações e geram trabalho, emprego e renda para os capixabas.

Como o Bandes tem se posicionado para atender as demandas do setor produtivo no Espírito Santo?

O Bandes é um dos agentes financeiros para investimentos fixos, atração e articulação de projetos aglutinadores de atividades econômicas ou ações inovadoras visando o atendimento da demanda espontânea ou induzida de crédito das empresas industriais capixabas. Além disso, o banco possui uma relação histórica com o desenvolvimento local, o que permite atuar na articulação de programas e projetos setoriais de desenvolvimento.

Como tem sido a cooperação técnica entre o Bandes e o Ideies para atender o setor produtivo capixaba de forma mais efetiva?

As duas instituições possuem afinidade de propósito, que em última instância é a promoção do desenvolvimento sustentável do Espírito Santo. A cooperação técnica permite a aceleração dos dois na busca da concretização desse objetivo. O Bandes ganha um aval para prover soluções financeiras para o investimento produtivo e o Ideies consegue viabilizar, para os integrantes da sua rede, acesso ao crédito com taxas, carência e prazos de amortização e pagamento condizentes com a especificidade de cada Indústria.

Acesse o Relatório de Gestão 2019 completo clicando aqui.

 

TAGS: