No ES, atividade econômica recua 0,23% em novembro de 2019

Com a segunda queda mensal consecutiva no Indicador de Atividade Econômica do Espírito Santo (IBCR-ES), o estado acumula queda de 1,08% no período de janeiro a novembro, quando comparado ao mesmo período de 2018.

Quando observado os resultados das pesquisas setoriais do IBGE para o Espírito Santo, observa-se que este recuo da atividade econômica capixaba no acumulado de 2019 foi influenciado pela atividade da indústria que variou -14,9% no período, enquanto o comércio varejista (5,1%) e os serviços (+1,0%) apresentaram variações positivas.

Em 2018, neste mesmo período, o estado capixaba acumulava alta de 3,2%.

O Brasil, no acumulado do ano até novembro, cresceu 0,95% frente ao observado em 2018. Segundo as pesquisas mensais do IBGE, neste mesmo período a produção industrial nacional recuou 1,1%, enquanto as atividades de serviços e do comércio varejista registram alta de 0,9% e 3,8%, respectivamente.

    Novembro de 2019, quando comparado à outubro do mesmo ano, teve resultado positivo para o Brasil (+0,18%) e negativo para o Espírito Santo (-0,23%), na série livre de efeitos sazonais.

Considerando os últimos 12 meses, a economia brasileira apresentou uma variação positiva de 0,9% e a economia capixaba queda de 0,85%.