Empresários capixabas do setor da construção elevam expectativas para os próximos seis meses

A pesquisa de novembro de 2019 para o Espírito Santo revelou que a ociosidade do setor de construção reduziu se comparado com o resultado da pesquisa anterior. A utilização da capacidade de operação (UCO) encontra-se atualmente em 60,0%, registrando um aumento de 4 pontos percentuais (p.p.) se comparado a outubro de 2019. Outro dado importante é que a UCO das empresas capixabas em novembro se aproximou da média histórica (60,1%) do setor.

Todos os índices de expectativas apresentaram aumento na passagem de novembro para dezembro de 2019. O otimismo dos empresários capixabas em relação aos rumos do setor para os próximos seis meses sugere perspectivas favoráveis, destacando a expectativa de maiores contrações de empregados e compra de matérias-primas. A intenção de realizar investimento é a maior para o ano ao registrar 44,2 pontos. Nesse contexto, os resultados da pesquisa Sondagem Indústria da Construção refletem um maior nível de confiança do empresário do setor da construção que, captado pelo ICEI-Construção, registrou 63,6 pontos em dezembro.

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a recuperação do setor de construção no Brasil permanece em curso devido às melhoras nos índices de tendência futura de intenção de investimento, expectativas e confiança.

A Sondagem Indústria da Construção é uma pesquisa de opinião, e seu objetivo é acompanhar o desempenho e as perspectivas do setor de construção, gerando indicadores de tendência passada e futura e de satisfação, que permite a empresários e analistas econômicos acompanhar a evolução recente da indústria da construção.

Conheça os resultados da pesquisa divulgados no painel dinâmico e interativo abaixo.

    O Ideies divulga mensalmente um painel dinâmico e interativo com os resultados da pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) para o Espírito Santo e para o Brasil. Trimestralmente, estará disponível para o leitor um relatório com análise dos indicadores relacionados ao nível de atividade da indústria da construção capixaba e as expectativas para os próximos seis meses. O relatório também aborda os indicadores pesquisados trimestralmente, onde são apresentadas as condições financeiras das empresas e os principais problemas enfrentados pelos empresários capixabas no trimestre.

    Acesse o relatório com as informações do 3º trimestre de 2019 aqui.

TAGS: