PIB do ES recua 1,7% no 3º trimestre de 2018

O Produto Interno Bruto (PIB) trimestral do Espírito Santo, calculado pelo Instituto Jones dos Santos Neves, reflete a situação econômica do estado no curto prazo.

No terceiro trimestre de 2018, o Espírito Santo apresentou queda de 1,7% na comparação com o segundo trimestre do mesmo ano, com dados dessazonalizados. 

A variação de -1,7% do PIB trimestral indica que a atividade econômica do estado do Espírito Santo apresentou desaceleração após três trimestres consecutivos de resultados positivos na margem (gráfico). Na mesma base de comparação, o PIB do Brasil avançou mais no terceiro trimestre de 2018 e alcançou a taxa de 0,8%. 

Após a retração da atividade econômica observada entre os anos de 2014 e 2016, o estado do Espírito Santo e o país vêm apresentando resultados positivos na variação acumulada no ano do PIB trimestral desde o primeiro trimestre de 2017.  O crescimento do PIB do Espírito Santo, acumulado no ano de 2018 até o terceiro trimestre, foi positivo (+2,3%) e superior ao do Brasil (+1,1%).  

No Espírito Santo, o desempenho econômico da agricultura e do comércio varejista ampliado (+14,5%) em 2018 sobrepujaram os valores negativos da produção industrial (-2,6%), considerando o a indústria de transformação (-4,2%) e a extrativa (-1,0%), e do setor de serviços (-0,5%) no resultado acumulado no ano do PIB capixaba, segundo os dados das pesquisas do IBGE.

    Considerando os resultados das taxas trimestrais, embora o resultado do PIB no terceiro trimestre na margem tenha sido negativo, o Espírito Santo apresentou taxas positivas e superiores às do Brasil nas outras três bases de comparação (acumulado no ano, acumulado em 12 meses e interanual).


De maneira geral, a atividade econômica do estado capixaba avançou em 2018 e antecipa um resultado positivo para o ano fechado.  A estimativa para o PIB nominal do estado neste trimestre, totalizou 30,5 bilhões de reais em valores correntes.