IBCR-ES acumula alta de 3,53% nos dois primeiros meses de 2019

O Índice de Atividade Econômica Regional (IBCR) é um indicador divulgado mensalmente pelo Banco Central que incorpora as informações sobre o desempenho da economia nos setores agropecuário, industrial, de serviços e de comércio a partir das pesquisas mensais do IBGE. Na comparação do índice de atividade econômica do Espírito Santo nos meses de fevereiro na série histórica, em 2019 alcançou-se o maior valor desde 2016. Com esse resultado e com o crescimento observado também em janeiro de 2019 (+0,94%), o IBCR-ES acumulou uma alta de 3,53% nos dois primeiros meses do ano em relação ao período de janeiro-fevereiro do ano anterior.  

Em fevereiro de 2019, a atividade econômica do Brasil, medida pelo IBC-BR, apresentou retração de 0,73% na comparação com janeiro, na série dessazonalizada. No Espírito Santo, também houve retração da atividade econômica, que variou -0,49% na comparação de fevereiro de 2019 com janeiro, na série com ajuste sazonal. Neste mês, entre as atividades que compõem o IBCR-ES houve predominância de taxas negativas com comércio varejista ampliado (-0,9%), serviços (-3,3%) e indústria (-9,7%), que foi fortemente impactada pela redução nas atividades extrativas.


    Em decorrência do fraco desempenho das atividades econômicas no Espírito Santo no mês de fevereiro, particularmente da indústria, a expectativa é de uma redução do ritmo de crescimento do IBCR-ES no fechamento do primeiro trimestre de 2019.


A retração econômica registrada para o Brasil em fevereiro de 2019 mostra a persistência do desempenho fraco observado no final de 2018. Além da desaceleração observada para a indústria, o setor de serviços se manteve em ritmo lento desde o final do ano passado. Esse quadro indica que o primeiro trimestre do ano terá redução do nível de atividade econômica para o país.