Balança comercial do ES acumula superávit de US$ 3,3 bilhões em novembro de 2018

A balança comercial brasileira obteve saldo positivo de US$ 51,7 bilhões entre janeiro e novembro de 2018. Em igual período, a balança comercial do Espírito Santo alcançou superávit de US$ 3,3 bilhões, superando os saldos de 2016 e 2017, em 5,6% e 32,1% respectivamente. O saldo capixaba, em novembro, chegou a US$ 436,7 milhões, demonstrando avanço de 65,9% em relação a novembro de 2017 (US$ 263,2 milhões). Este último dado expressa o maior crescimento das exportações (35,1%) em relação às importações (15,7%) na comparação interanual.

Faltando um mês para fechar o ano, o Espírito Santo somou US$ 8,0 bilhões em exportações, o que representa 3,6% do total nacional. O resultado segue positivo em relação ao mesmo período de 2017 (US$ 7,3 bilhões), com acréscimo de 9,1%.

No estado, as importações somaram US$ 4,7 bilhões até o penúltimo mês do ano, correspondendo a 2,8% do total importado pelo Brasil. Esse valor supera o efetivado em 2017 (+11,7%) e 2016 (+40,9%).

O Índice de Commodities Brasil (IC-Br), divulgado pelo Banco Central, segue em trajetória positiva na média anual, superando períodos anteriores. A exceção foi o grupo agropecuária com quedas de -1,0% e -0,3%, quando comparado aos anos de 2015 e 2016, respectivamente.

O IC-Br avançou 13,7%, contra o acumulado de janeiro a novembro de 2017, e 12,7% em relação a novembro de 2017. Acompanhando esse avanço, os subgrupos apresentaram resultados positivos: energia com +24,6%, agropecuária10 com +13,1% e metal11 com +4,3%.

No comércio exterior o Espírito Santo segue tendo um 2018 de evolução nas exportações e importações, e também ampliando o saldo positivo da balança comercial, que soma US$ 3,3 bilhões entre janeiro e novembro. A cotação das commodities também segue favorável à economia capixaba neste ano: as três categorias acompanhadas pelo Índice do Banco Central (energia, agropecuária e metal) registram significativos avanços nos preços em comparação com a média de 2017. Para o Espírito Santo, a recuperação do preço do petróleo se mostra especialmente importante.