Arrecadação do Governo do Estado tem alta de 12,9% no primeiro bimestre de 2019

Os dados de receita e despesa do primeiro bimestre de 2019 mostram que o Governo do Estado do Espírito Santo teve ampliação nos montantes, tanto da arrecadação quanto dos gastos, em comparação ao realizado no mesmo período do ano passado.

A evolução das receitas se deu de forma mais intensa, com uma alta real de 12,9% em comparação aos dois primeiros meses de 2018, totalizando R$ 3,07 bilhões. Já no lado das despesas, o ano de 2019 iniciou com aumento de 3,4%, com um total de R$ 1,88 bilhão.

A receita total realizada em janeiro e fevereiro representa 17,3% do total previsto na LOA 2019. No caso das despesas, foram gastos 11,1% do estipulado para o ano.

Uma importante fonte de recursos do governo estadual são as transferências correntes, que representaram cerca de um terço da receita total realizada no primeiro bimestre deste ano. As principais transferências para o Espírito Santo são referentes às atividades de exploração do petróleo, recebidas como royalties ou participações especiais.

Em 2019, o valor recebido foi de R$ 418 milhões até fevereiro, representando significativo aumento de 20,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Depois da grande queda nas receitas do petróleo ocorrida de 2015 para 2016, este tem sido o terceiro ano consecutivo de recuperação deste tipo de transferência.